Destaque da Semana

~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~
18/01/2010


De onde tu vens? Para onde tu vais? Leva consigo sabedorias mil, onde muitos querem alcançar, alguns equivalem-na à simpliscidade, outros deixam esquecidas... Mundo mágico, magnifico, impenetrável... livro! Quem foste teu mestre? Para quem ou para que foste criado? Encanto, conhecimento, prazer... És o sábio ancião que guarda em suas entrelinhas a ciência do saber! És o homem forte que através de suas frágeis páginas atravessa os séculos imortalizando as palavras! És a bela mulher que encanta com sua sublime delicadeza envolvendo em um mergulho infinito ao desconhecido prazer! És como o adolescente, irreverente, dono do mundo, trazendo em suas mensagens a coragem e o entusiasmo de um futuro incerto, porém estimulador. És uma criança cheia de surpresa e com milhões de possibilidades de transformação. És o bebê que traz no brotar da vida e esperança de um mundo melhor, onde todos os povos possam ler, através de suas sábias páginas, a razão e a emoção de poder mergulhar no seu mundo mágico e conquistar seu infinito conhecimento. Livro... seduz, envolve e eleva...infinitamente!

Autora: RH Castelo Branco


0
12/01/2010


1º    O SÍMBOLO PERDIDO de Dan Brown
2º    A CABANA de Willian P. Young
3º    ECLIPSE de Stephenie Meyer
4º    AMANHECER de Stephenie Meyer
5º    CAIM de José Saramago
6º    CREPÚSCULO de Stephenie Meyer
7º    LUA NOVA de Stephenie Meyer
8º    A HOSPEDEIRA de Stephebie Meyer
9º    A SENHORA DO JOGO de Sidney Sheldon
10º  O MENINO DO PIJAMA LISTRADO de John Boyne

Bem, em relação a lista acima, eu não considerei o 10º livro como ficção. É bem real, se pararmos para pensar. Afinal, a Segunda Guerra aconteceu mesmo e todas aquelas ações bárbaras também. A história que se passa com Bruno e seu "novo" amigo não está longe de ser real, pois mesmo sendo dois personagens, eles encarnaram pessoas que supostamente passaram pelas mesmas situações devido os acontecimentos da época.

Os livros de ficção e fantasia me encantam como nenhum outro. A imaginação de um autor ao criar um personagem misterioso e "poderoso", sendo, ao mesmo tempo, humano e tão real, chega a me deixar inquieta.

Comparo o Edward (saga Crepúsculo) como um super-herói, assim como fez precocemente a Bella. Na verdade, para mim, é como um super-homem ou um batmam mais poderoso. Digo poderoso, porque é mais real. Assim, levando em consideração a população humana que vive em volta da família Cullen e a que vive nos filmes do supermam, por exemplo, podemos dizer que a primeira está bem mais próxima de mim, ou de você, ou de alguém que conhecemos. É como se o autor trouxesse para a realidade um "ser humano" que até algum tempo atrás, só vivia em nossa imaginação.

6
11/01/2010

Quando nos vem a mente uma estante de livros ou uma biblioteca, logo imaginamos um amontoado de livros dispostos de maneira simétrica, em linha reta, um ao lado do outro... bem, alguns designers de estantes modificaram essa percepção! Temos, dessa forma, encontrado centenas de maneiras de guardar nossos livros. Mas será que cada uma dessas novas idéias dão conforto suficiente para que o livro tenha uma vida longa e útil?

Alguns modelos achados na net:

















COMO CONSERVAR SEUS LIVROS

Em primeiro lugar, é importante observar como guardá-lo.  O livro deve ficar em pé, formando um ângulo reto com a prateleira, já encostado ao próximo livro, um ao lado do outro, evitando pressioná-los um contra o outro, pois, caso contrário, além de ser necessário segurá-lo com força pela lombada para o retirar da estante, a possível umidade e calor local poderia deixar suas páginas manchadas ou coladas. Se de alguma forma, precisar guardá-los em pilhas, não as faça muito grande, o peso prejudica a estrutura do livro. Caso tenha algum livro guardado dentro de caixas, retire-os imediatamente se não quiser os perder, já que guardando dessa forma eles estragarão muito mais rápido. Escolha bem o local da estante em que guardará os livros: a luminosidade excessiva desbota suas capas e a umidade deforma tanto a sua capa como o miolo. Portanto, mantenha-os longe dos raios solares e da umidade.

Limpe-os regularmente (sem panos úmidos ou produtos de limpeza - um pano seco na capa e se estiver muito sujo, use um pincel para limpar as páginas. Acredite, isso prolonga em muitos anos a vida de um livro). Existem profissionais especializados em higienização de bibliotecas, que são capazes de identificar e limpar livros adequadamente. Nem sempre o que parece pó é realmente pó; pode ser algum tipo de fungo e estes são perigosos à nossa saúde. Caso desconfie que seu livro tenha algum corpo prejudicial, procure um profissional de higieniação de livros.

Ao ler um livro, certifique-se até que ponto pode abri-lo. Não podemos simplesmente abrir qualquer livro totalmente em um ângulo de 180 graus, pois assim forçamos a abertura. Com certeza sua lombada irá quebrar‑se, mais cedo ou mais tarde, de acordo com a qualidade e tipo do material com que o livro é feito e encadernado.

É importante não guardar nada dentro dos livros (isso não serve para os marca-páginas, mas só enquanto você está lendo), não pegá-los de mãos sujas, nem comer ou beber enquanto lemos ou o transportanmos com as mãos, nunca, jamais usar durex ou cola branca, elas contém produtos químicos que mancham as páginas irreversivelmente, não dobrar as páginas ou fazer "orelhas", não se apoiar no livro durante a leitura, não usar clipes, pois o metal enferruja, mancha e torna as folhas quebradiças nos locais de exposição. Tente não usar marca textos nem rabiscá-lo, no entanto se for muito necessário utilize um lábis 6b (desenho) que é macio e não marca.

O suor das mãos danifica qualquer tipo de encadernação. Para evitar esse dano, caso precise transportá-lo por muitos dias ou ainda se ele for "de cabeceira", como os de auto ajuda, proteja-os dentro de uma pasta. Caso eles fiquem sempre em sua mesa, faça uma capinha de collor set, que deverá ser cortada da altura certa de seu livro, não havendo dobras na cabeça e pé do livro. A capa dobrará apenas no corte lateral do livro (lado oposto à lombada). Usando essa técnica elimina-se o péssimo hábito que algumas pessoas adotam: o de encapá-los com fita adesiva e papel de presente (dois grandes verdadeiros vilões dos livros). Alguns livros já são vendidos com capas de proteção, que normalmente tiramos e jogamos fora; o que é um grande erro, uma vez que essas proteções gratuitas ajudam muito em sua conservação. É comum encontrarmos livros com fitas adesivas nas lombadas, ou mesmo encapadas com contact transparente; no primeiro caso, danifica-se a lombada e o fundo do corpo do livro (miolo do livro); já no segundo, perde-se toda a capa e a lombada. O uso do contact ou da fita provocam danos irreversíveis à capa do livro e muitas vezes se estende até o seu miolo.

Parte deste texto é de: Elisa Mello kerr
http://elisakerr.wordpress.com/a-arte-de-encadernar/como-conservar-seus-livros/

09/01/2010



.
Os gibis sempre foram o contato inicial mais íntimo para uma criança despertar o gosto pela leitura. Na década de 80 os gibis faziam o maior sucesso deixando sua marca até hoje nas lembranças dos adultos que, naquela época, viveram sua infância.
Outro dia tive a curiosidade de passar em algumas bancas de minha cidade procurando por alguns quadrinhos e minha surpresa foi tamanha ao perceber que NA MAIORIA só consegui encontrar gibis da Turma da Mônica (infantil e jovem) e Disney (Pato Donald, Mickey...)!!!
Chegando em casa corri para a internet para pesquisar que fim... ou que transformação ocorreu com alguns gibis que, antes, fizeram tanto sucesso.

TURMA DA MÔNICA - Criada em 1959 com o Bidu e o Franjinha, a Turma da Mõnica resistiu aos gibis que foram surgindo ao longo dos anos., conseguindo manter seus fãs e conquistar novos ao mesmo tempo que muitos gibis apareceram, fizeram sucesso e desapareceram! Hoje, além do gibi tradicional, foi lançado a Turma da Mônica Jovem, onde os personagens se apresentam de forma adolescente. Um estilo mangá.
LULUZINHA E BOLINHA - Um sucesso na década de 80. Quem não lembra do Clube do Bolinha, onde "menina não entra" e do Diário da Luluzinha? Das briquinhas entre meninos e meninas tão comum até hoje em qualquer grupo de crianças? Os gibis passaram anos desaparecidos (sentia muito por isso) e hoje, Luluzinha, criada por Marjorie Henderson Buell, e lançada no jornal Saturday Evening Post, em 1935, voltou a ser publicada, pela Dark Horse. Agora no mesmo estilo da Turma da Mônica Jovem.
RIQUINHO - A última edição que consegui encontrar na internet foi de 2007.
Se alguém tiver notícias dos outros quadrinhos expostos acima comente esse post.

0
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Divulgue

Divulgue

Seguidores

Ganhamos

Ganhamos
Clique na figura e saiba mais.

Prefiro histórias de: